Como preparar saladas?

DATA: 17-06-2020

Aliado à chegada do verão vem o bom tempo e, consequentemente, as idas à praia e aos parques. É importante que te mantenhas hidratado e sempre acompanhado de uma refeição leve, fresca, nutritiva e, acima de tudo, saborosa.

Ao contrário da ideia pré-concebida de que as saladas não podem ser consideradas um prato principal, se forem devidamente elaboradas são uma excelente escolha. Para além de serem de fácil preparação, são também uma ótima opção, cómoda para transportar, seja para o trabalho, para a praia ou até para piqueniques.

Deixamos-te algumas dicas de como fazer uma salada completa, variada e equilibrada:

  • Para elaborares uma salada com diferentes micronutrientes, isto é, vitaminas e minerais, deves ter como base da tua salada diferentes vegetais e hortícolas.
  • Após escolheres os legumes a utilizar na salada deves lavá-los bem, uma vez que vão ser consumidos crus.
  • Como fonte de proteína tens uma variada oferta: carne, peixe, ovos, leguminosas ou laticínios. É só escolheres consoante a tua preferência.
  • De modo a tornares a tua salada num prato completo e equilibrado, deves optar por colocar um alimento rico em hidratos de carbono, tal como couscous ou massa. Podes também optar por ingredientes integrais, que contêm mais fibra, promovendo maior saciedade.
  • Caso queiras fazer uma salada numa versão vegan ou vegetariana, não te esqueças da importância de conjugar uma leguminosa (ex: grão, feijão, ervilha ou lentilha) e um cereal (ex: massa ou couscous), de modo a obter uma proteína completa, com todos os aminoácidos essenciais.
  • Para tornares a tua salada mais rica nutricionalmente, variada e saborosa, podes ainda adicionar fruta, sementes ou frutos secos.
  • Por fim, é importante colocares um bom tempero. Porém, é preciso ter cuidado porque podes transformar um prato saudável num prato hipercalórico. Por norma, o azeite e o vinagre são os temperos mais comuns e, se as quantidades forem doseadas, são uma excelente opção. Podes ainda utilizar sumo de limão, iogurte, ervas aromáticas, especiarias ou abacate.

Se seguires estes passos e incluíres no teu prato os três macronutrientes (proteína, lípidos e hidratos de carbono), podes perfeitamente optar por uma salada, ao almoço ou jantar.

Dá asas à tua imaginação e cria diferentes combinações.